Buscar
  • luizaferracini

Alimentação X exercício físico, é possível perder peso só com um deles?

Aqui está uma grande dúvida dos pacientes em consulta. Já fazendo um link com o texto anterior (sobre "onde emagrece primeiro"), costuma-se achar que se fizermos muito abdominal, perderemos barriga. A alimentação e o exercício físico aliados são a fórmula ideal para o emagrecimento saudável, mas como sempre digo: o bom não é inimigo do ótimo.


O termo "exercício físico" é extremamente amplo para ser colocado como uma fórmula mágica da perda de peso. Temos diversos tipos de exercício, e cada um deles age de forma diferente em nosso corpo. É possível que você faça somente treino de força ou somente corrida, e o corpo dos praticantes de cada um desses esportes é completamente diferente. Lembra das olimpíadas? O corpo do corredor é igual ao do atleta de ginástica olímpica? Não. São corpos distintos com características marcadas pelo exercício que o atleta treina.


Para saber qual tipo de exercício é melhor para que você atinja o seu objetivo será necessário consultar um educador físico. Assim será possível bolar uma estratégia que seja viável para a sua rotina e não vá prejudicar seu corpo (muito parecido com o que fazemos no consultório de Nutrição).


E agora, a alimentação sozinha pode gerar uma perda de peso? Sim. Principalmente para pacientes que estão com a alimentação desregulada e com um consumo maior de calorias do que seria o ideal para o organismo, podemos iniciar um acompanhamento somente com mudanças alimentares, e teremos resultados.


Chega um momento do tratamento em que o paciente atinge o "efeito platô" (e isso pode acontecer com ou sem o exercício físico). Nesse momento é necessário mudar a estratégia, e para quem ainda não está mexendo o corpo, é a hora ideal para começar.


Não podemos deixar de ressaltar também que a perda de peso sem exercício físico faz com que o paciente não ganhe massa magra (musculatura). Sabemos que no processo de emagrecimento perde-se um pouco de massa magra, e a prática de exercícios físicos pode diminuir essa perda. É o que muita gente chama de "trocar" massa gorda por massa magra (sabemos que não é assim que acontece, um tipo de tecido não se transforma em outro, mas esse termo é muito utilizado).


O emagrecimento saudável a longo prazo deve incluir a prática de atividade física, além da alimentação equilibrada. Não somente pelas calorias gastas durante o exercício ou pela musculatura, mas também pelos hormônios que são liberados no momento da atividade física, que podem regular humor, apetite, sono, estresse e muitos outros. Quando falamos em qualidade de vida, esse tipo de bem-estar conta muito.


Em resumo: a curto prazo é sim possível perder peso sem a prática de atividade física, mas em algum momento isso se fará necessário para que tenhamos uma mudança duradoura e saudável. Lembrando que o processo não deve trazer sofrimento, então as mudanças de alimentação e a prática de atividade física são conversadas e colocadas em sua rotina de forma que seja leve, e não ruim!

 

E você, está esperando o que para começar as mudanças em sua rotina? Agende uma consulta e conversamos melhor!

30 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo