Buscar
  • luizaferracini

5 motivos para não consumir industrializados

Durante muito tempo o nutricionista de consultório foi visto como ferramenta para o emagrecimento, acima de saúde. Ainda hoje se vê o objetivo de perder peso como principal, e consumir industrializados fez parte do processo para esse fim há alguns anos.


Temos diversas histórias de pacientes que foram a nutricionistas ou médicos que receberam dietas com salsicha e miojo no jantar, porque apesar de industrializados, são alimentos que podem possuir um valor calórico baixo dependendo da marca. Hoje em dia é inadmissível uma prescrição com esse tipo de ingrediente, mas a mentalidade ainda existe.


O Guia Alimentar para a População Brasileira, publicado pelo Ministério da Saúde em 2015, preconiza que a base da alimentação deve ser de alimentos in natura ou minimamente processados, e que alimentos ultraprocessados (maioria dos industrializados) deve ser consumido eventualmente e com cuidado. Os alimentos minimamente processados incluem frutas, vegetais, carnes, ovos e tudo o que conhecemos como comida de verdade.


Quando estamos olhando o rótulo de um alimento, quanto mais processo ele for, mais ingredientes "que a nossa vó não reconheceria como comida" terá na lista. Diversos conservantes, acidulantes, e outros "antes" que muitos nem sabem para que servem e que também não se sabe quais as consequências para o organismo quando consumidos ao longo da vida.


Abaixo deixo 5 motivos para abolirmos os industrializados da nossa rotina alimentar:


  1. Alto valor energético. Por mais que algumas marcas façam opções com menos calorias, em geral esses alimentos apresentam muita gordura e calorias.

  2. Muito sal. Para a conservação, esses alimentos apresentam teores de sódio muito elevados, que chegam a 50% da quantidade de sódio que deveria ser consumida diariamente.

  3. Ingredientes estranhos. Lembre-se do guia alimentar e pense que esses químicos utilizados nos alimentos não tem comprovação de benefícios no organismo a longo prazo.

  4. Alto custo. Colocando no papel, entre consumir uma lasanha congelada e fazer uma lasanha, é muito mais barato fazer. Dizem que alimentação saudável é cara, mas na verdade é muito mais barata!

  5. Prejudicam a digestão. Em função da falta de fibras, vitaminas e outros compostos importantes para o funcionamento do intestino, esses alimentos podem desequilibrar nossa flora intestinal, gerando sintomas como desconforto, constipação ou diarreia.

E aí, se convenceu de que comer comida de verdade é melhor? Pode demorar um pouco mais para ficar pronta, mas comer comida de verdade traz inúmeros benefícios para sua saúde - inclusive emagrecimento!


Lembrando que exceções fazem parte de um equilíbrio alimentar, mas não deixe que esse tipo de alimento guie a sua rotina!


Marque já sua consulta para organizarmos sua rotina alimentar e abolirmos de vez o consumo desses alimentos!



16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo