Buscar
  • luizaferracini

Por que dieta pronta não funciona?

Todos nós em algum momento da vida pegamos uma dieta para outra pessoa (ou do próprio Google) e decidimos seguir, não é mesmo? E isso, normalmente, dura cerca de 4 dias (de segunda a quinta-feira). Na sexta já estamos com o pensamento de que "dieta não é para mim".


Sempre brinco em consulta que se fosse fácil todo mundo seria magro e se alimentaria de forma saudável. Muitas vezes os pacientes chegam no consultório sabendo o que devem comer, e "não entendem" o motivo de não conseguir emagrecer. Quando citam o que fazem no dia-a-dia (e todos começam pelas dietas que já fizeram) parece ideal, mas ninguém se dá conta dos "furos" e da quantidade de vezes que já se desistiu e fez efeito sanfona.


Antes de eu mesma entender como a Nutrição Comportamental pode auxiliar nesses casos, também trabalhava de forma diferente com os pacientes (mais rígida, restritiva, etc. - que para alguns pacientes funciona bem). Vejo pacientes em que esse tipo de abordagem não funcionou, que hoje voltam com alguns kg a mais (efeito sanfona) e estão se dando muito bem entendendo o MOTIVO de comerem, e não só tendo um plano em mãos para seguir e medir resultados na balança depois.


A melhor "dieta" é aquela que o paciente irá seguir. Para mim, isso é o que faz todo o sentido. De nada adianta eu prescrever um plano nutricionalmente perfeito, se você não conseguirá internalizá-lo como um novo estilo de vida, e assim, não seguirá por muito tempo. Essa é a grande diferença entre dieta e modificação de hábitos alimentares. Muito se fala em reeducação alimentar, e deve-se entender como é diferente do que plano pronto de gaveta ou de Google.


Nessa mentalidade retira-se a sensação de "pode" ou "não pode" determinados alimentos, exclui-se a "refeição livre" ou "dia do lixo" e se dá liberdade para o paciente ter autonomia alimentar. Um jargão que está presente em quase todas as minhas consultas é:

É possível comer de tudo, mas não tudo.

Só seguindo essa regra já teremos resultados melhores, uma perda de peso para o resto da vida e menos transtornos alimentares a médio e longo prazo. Para saber o que é o "não tudo" para você, aí sim se torna necessária a prescrição de um nutricionista, a fim de potencializar seus resultados e obter uma perda de peso saudável. Lembrando que comer demais não é saudável, e de menos também não.


Agende já sua consulta para parar com efeito sanfona e com dietas que duram de segunda a quinta!

38 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo