Buscar
  • luizaferracini

"Será que algum dia eu vou voltar a comer o que eu gosto?"

O título desse post reflete uma dúvida muito comum de pessoas que buscam por um nutricionista. A maioria acredita que receberá uma dieta restrita e vários "não" às perguntas sobre seus alimentos preferidos. Você já passou por isso?


É, durante muito tempo foi assim, o nutricionista sendo fiscal da comida. Hoje, quando estou jantando com amigos, ainda escuto "nossa, vou esconder meu prato aqui da nutri". Só que os tempos mudaram.


Não estou aqui para restringir a alimentação, nem para cortar os prazeres da comida - afinal, comer também é um ato social. Meu grande objetivo como nutricionista é ENSINAR os pacientes a realmente aproveitarem esses alimentos da melhor forma possível, entendendo que devem fazer parte da exceção e não da regra.


Outra frase que escuto no consultório é: "Mas tu comes tal coisa (insira aqui pizza, xis, sushi)?", como se eu, por ser nutricionista - e cuidar da minha alimentação e corpo - estivesse proibida de consumir tais alimentos. Muitos ainda não acreditam que é possível inserir esse tipo de alimento sem prejudicar o progresso ou objetivos finais.


É claro que não estamos falando de consumir xis todos os dias, mas acredito que deixar de comer esses alimentos só traz mais vontade (afinal, o proibido é bem melhor, né?). Tem um exercício que pede para que não se pense em um elefante, e quando isso é dito, tudo o que você consegue pensar é em um elefante, e com a comida funciona da mesma forma. Se dissermos "você está proibido de comer xis", todos os dias a noite você pensará no xis.


Levar a alimentação de forma leve é saber que quando der vontade - e eu ensino a entender quando a vontade é genuína - você poderá comer o que quiser. Lembrando que podemos comer de tudo, mas não tudo.


Então, respondendo à pergunta do título: você não precisará voltar a consumir os alimentos que gosta, porque não precisará parar de come-los em primeiro lugar. Entendendo os motivos pelos quais você come e o quanto você come, conseguimos ajustar para que esses alimentos entrem na sua rotina sem que prejudiquem o processo de emagrecimento.


Confesso aqui que tenho pacientes que tem em seu plano alimentar "2 temakis" ou "1/2 xis"... entre outros. Sempre que um paciente entra em contato, preenche um formulário onde eu pergunto qual o seu alimento preferido, e isso sempre é contemplado. Respeitar os gostos do paciente é o que faz com que a perda de peso seja efetiva... pois a melhor dieta é aquela que o paciente irá seguir.


Gostou? Agende já sua consulta para que possamos entender seus gostos e montar um plano alimentar feito para você!

17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo